5 pilares de uma campanha de sucesso no Facebook Ads

5 pilares de uma campanha de sucesso no Facebook Ads

. 5 minutos para ler

Descubra o que não pode faltar na sua estratégia de marketing digital.

Entre as inúmeras estratégias que o marketing digital oferece, na maior parte das vezes, a “luz no fim do túnel” está no Facebook Ads. E é claro que eu sou um grande entusiasta, afinal, estamos falando de uma ferramenta que nos ajuda a alcançar os clientes de maneira extremamente assertiva, com base nos interesses, comportamentos, renda salarial, versão do iPhone, o que comeu no café da manhã (brincadeira)...

Mas voltando ao que interessa, o fato é que o banco de dados do Facebook é tão valioso que, quando usado com sabedoria, pode te ajudar a economizar muito tempo e dinheiro, otimizando a entrega dos anúncios para que a mensagem atinja usuários com maior probabilidade de conversão. E tem também aquele lance das dezenas de automações disponíveis, mas isso é assunto para um próximo artigo, combinado?

Continuando...


O Facebook é tudo isso mesmo?

Tudo isso e mais um pouco (lógico que o Facebook tem uma série de problemas, mas isso é assunto para outra matéria). Quando falamos de relevância para os negócios, não podemos ignorar a importância do Facebook, até porque qualquer ação que envolva o Instagram e o WhatsApp, por exemplo, também entra na jogada. E nós sabemos que o público-alvo, definitivamente, está nessas mídias sociais, não é mesmo?

¹Há cerca de 150 milhões de usuários de mídia social no Brasil, o equivalente a 70,3% da população total:

  • 91,7% utilizam o WhatsApp;
  • 89,8% utilizam o Facebook;
  • 86,3% utilizam o Instagram.

E isso é motivo mais que o suficiente para você conferir esses 5 pilares de uma campanha de sucesso no Facebook Ads. Ou seja, aqueles itens que, definitivamente, não podem faltar na sua estratégia de marketing digital. Segue o fio:

#1 Planejamento

Quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve...

E para alcançar o seu objetivo, planejamento é fundamental!

Nenhuma iniciativa de marketing deve começar sem planejamento. É preciso prever aonde irá cada parte do orçamento, qual o público-alvo e as metas que definirão os indicadores de sucesso. Por isso, sempre comece uma nova estratégia respondendo essas perguntas:

  1. Qual o objetivo?
  2. Qual o tempo de duração?
  3. Qual o orçamento disponível?
  4. Quem eu quero atingir?

Não se esqueça, é o planejamento que vai dar rumo à sua campanha, aqui você vai definir aonde deseja que a marca, produto ou serviço cheguem, e quais objetivos vão te ajudar nessa missão (alcance, reconhecimento, leads…).

Além disso, quando documentamos todas as etapas da campanha no planejamento, é possível evitar cair nos mesmos erros em futuras estratégias. Só vejo ganhos!

#2 Segmentação


Eu sei que você está cansado de ouvir isso, mas o público é um dos (senão o principal) pilares para uma campanha de sucesso. Quando sabemos bem com quem estamos falando, fica muito mais fácil se conectar e conseguir o tão sonhado lead qualificado. É sobre isso, sabe?

Enfim, precisamos saber como interagir com esse público e o que ele espera da marca. E esse é o primeiro passo: uma pesquisa minuciosa para entender quem é o público-alvo e como funciona a sua jornada nas mídias sociais. Só assim, conseguiremos criar uma segmentação que fique mais próxima possível da persona determinada.

Agora vem o pulo do gato: COMO USAR A FERRAMENTA PARA A CRIAÇÃO DO PÚBLICO DE MANEIRA EFETIVA?

Existem, atualmente, 5 trilhões de combinações disponíveis para a criação de um “público salvo” (e olha que nem entramos no mérito do “público semelhante”). O próprio gerenciador oferece um direcionamento detalhado para refinar esse público, incluindo pessoas que tenham uma correspondência aos dados preenchidos. Mas muita gente ainda esquece de delimitar quem o anúncio vai atingir... e é aqui que mora o perigo. Não basta incluir pessoas, precisamos excluir também.

E aí, você já imaginou o quanto foi gasto com pessoas que não estão interessadas? Reflita.

obs:  também é preciso tomar cuidado para não segmentar demais e limitar e/ou travar sua campanha.

#3 Orçamento


It’s all about the money...

Uma campanha de sucesso precisa de um budget compatível com o objetivo e o público que queremos atingir. Por exemplo, se estivermos falando de um produto ou serviço de alto poder aquisitivo, para um público super seleto, aquela verba muito pequena não vai ser suficiente.

Responda:

  1. Por quanto você está vendendo o produto ou serviço?
  2. Qual a meta de vendas?
  3. Qual é a sua taxa de conversão atual?

Com grandes produtos, vêm grandes orçamentos!

E é claro que não basta apenas definir o valor de investimento. Precisa ter planejamento. Sempre programe seus anúncios selecionando a data de início e de término. Se for o caso, especifique também os horários em que a campanha ficará em veiculação, são esses detalhes que diminuem o desperdício da verba.

O Facebook possui várias opções de orçamento, então fique atento, não queremos gastar todo valor disponível em um dia (risos nervosos).

Orçamento diário: ² você define o valor máximo que quer gastar em um conjunto de anúncios ou campanha por dia.

Orçamento vitalício: ²o valor definido deve ser o quanto você quer gastar no total, durante todo o período de veiculação do conjunto de anúncios ou campanha – por isso o termo vitalício, pois corresponde a toda a "vida" dos seus anúncios.

Programação de anúncios: permite que você personalize as entregas. Depois de algum tempo observando, você notará que determinados períodos trazem melhores resultados. Use as 'Programações de entrega' para ajustar o valor gasto de acordo com a hora ou dia da semana. Lembrando que este recurso só está disponível para o orçamento vitalício. Para o orçamento diário é necessário usar uma regra automatizada.

Lembra que falei ali em cima sobre o desperdício de verba? Talvez não faça sentido exibir anúncios durante um período em que não há ninguém disponível para responder os leads, por exemplo. Já dizia Albert Einstein: “Quanto mais você conseguir otimizar esse valor, melhor ele será usado.”

#4 Cada criativo na sua fase


Para ter sucesso em uma campanha de marketing digital, é fundamental que o funil de vendas seja muito bem trabalhado. Todo anunciante precisa ter uma comunicação exclusiva para cada uma dessas fases (topo, meio e fundo).

Pois bem, como vimos lá em cima, segmentar o público para atingi-lo com maior assertividade é só o começo. Precisamos mostrar os criativos na hora e fase certa, sem assustar ninguém, sem se tornar invasivo ou cansativo... Entende a importância de respeitar cada etapa?

É aqui que entra o Funil de Vendas. É ele que nos ajuda a chegar na tão sonhada conversão, respeitando a jornada do consumidor. E como não são todos os profissionais que sabem realizar todo esse processo, você com certeza estará um passo a frente.

Bora relembrar os diferenciais de cada fase?

Topo de Funil: destinado ao público que ainda não conhece a empresa. É aqui que tentamos ganhar esse usuário, mostrando o valor; relevância; e que “talvez eu seja a solução do seu problema”.

Meio de Funil: neste caso, o usuário já conhece a marca, mas não completou nenhuma ação. É aqui que chamamos a sua atenção, algo como “oi, sumido… eu vi que você não fechou a compra, tá tudo bem?”

Fundo de Funil: tá quase! Aqui o usuário está pertinho de converter, mas ainda precisa de um empurrãozinho. É hora de ser mais agressivo, então pode soltar aquela promoção ou cupom de desconto que é tiro e queda!

#5 Teste e Otimize


Agora digamos que você colocou todos os itens acima em prática, como saber se a campanha foi um sucesso? Qual anúncio teve o melhor desempenho? Carrossel ou vídeo?

Você nunca saberá a resposta… até testá-los. Nenhuma campanha de sucesso, é realmente um sucesso, sem a mensuração dos resultados. Acompanhe, otimize e teste diferentes tipos de anúncios para ver qual mais agrada o público.

#Dica: o Teste A/B é um dos mais eficientes e pode te ajudar a entender qual abordagem funcionou melhor em determinado conjunto de anúncios.

Criar uma campanha de sucesso no Facebook Ads não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O primeiro passo você já deu, acompanhando este conteúdo. Agora é hora de colocar em prática!

Fontes:

¹Digital 2021: Brazil - We are social & Hootsuite
²https://www.facebook.com/business/news/tipos-de-orcamento